2024-01-26

Sérgio Godinho de volta ao romance.

Sérgio Godinho leva-nos a Guimarães e ao norte de França, em Compiègne, com Vida e Morte nas Cidades Geminadas, o livro que marca o regresso ao romance depois de Coração Mais Que Perfeito (2017) e Estocolmo (2019), ambos publicados pela Quetzal.

Partilhar:

A trama desta história de encontros e desencontros centra-se em duas personagens: Amália, portuguesa, que canta fados em ré e tem o apelido Rodrigues, e Cédric, francês, que trabalha na morgue local. É nas cidades geminadas de Guimarães e Compiègne que vivem as personagens desta história de desencontros e coincidências que, apesar de decorrer na atualidade, atravessa várias gerações – e várias línguas.

Entre Amália e Cédric nasce um amor cheio de coincidências e dificuldades: nasceram no mesmo dia e no mesmo ano, ela em Portugal, ele em França. Partilham as mesmas perplexidades, a mesma busca por uma identidade e a mesma sede de amor, entrando em conflito com o passado e com o presente. O confronto é por vezes burlesco, por vezes enternecedor, mas também trágico, sombrio e multicolorido. São o humor e a graça que determinam como é a vida – e como se pode escapar à lei da morte.

Vida e Morte nas Cidades Geminadas está disponível a 8 de fevereiro.