Com Ramalho Ortigão num país à beira do verão.

As Praias de Portugal_160.jpg
Com um misto de deleite, conhecimento e bom humor, Ramalho Ortigão deixou em As Praias de Portugal o mais interessante mapa da época balnear do final do século XIX, um clássico da literatura de viagem em Portugal. No prefácio, Francisco José Viegas classifica-o como um guia «do litoral e dos elegantes». O novo título da Terra Incognita chega esta semana às livrarias. Disponível a partir de quinta-feira.

2022-05-16 / Com As Praias de Portugal, publicado pela primeira vez em 1876, Ramalho Ortigão enaltece (...)

Quase 1200 páginas de uma vida que vale por tantas.

Pessoa: Uma Biografia
É num assombroso livro com quase 1200 páginas que se escondem alguns dos melhores e menos conhecidos segredos da vida de um dos nossos maiores poetas. Pessoa: Uma Biografia, de Richard Zenith, o mais completo trabalho biográfico sobre Fernando Pessoa que até hoje se escreveu, foi escolhido como um dos melhores livros de 2021 por prestigiadas publicações anglo-saxónicas – The New York Times, The Spectator, The New Statesman, Kirkus Reviews e Publishers Weekly – e foi finalista do Prémio Pulitzer 2022.

2022-05-12 / A primeira edição em português chega às livrarias a 19 de maio, com tradução de Salvato (...)

José Eduardo Agualusa vence Grande Prémio de Crónica e Dispersos da APE

maisbelofimmundo
«O Mais Belo Fim do Mundo» conquista Associação Portuguesa de Escritores.

2022-05-05 / É com grande alegria que a Quetzal recebe e partilha a notícia de que O Mais Recente Fim (...)

A improvável amizade entre Darwin e um negro de Lisboa na vila da Praia.

Siríaco e Mister Charles
Ilha de Santiago, Cabo Verde. Século XIX. A ação de Siríaco e Mister Charles, o mais recente romance de Joaquim Arena, centra-se na improvável amizade que une o jovem Charles Darwin a Siríaco, um ex-escravo negro que sofre de vitiligo. Um negro e um branco, numa história que une Portugal, Brasil e Cabo Verde, fundindo realidade e ficção numa narrativa agradável e acessível.

2022-05-03 / Siríaco existiu mesmo – era o «rapaz-tigrado», educado na corte e integrado na chamada (...)

A epopeia de Roma em versão bilingue.

Eneida de Virgílio
«E a vida, com um gemido, se vai, revoltada, para o mundo das sombras.» Este é o inesperado verso final de uma obra-prima que se contradiz na assunção da sua própria grandiosidade, um canto que, nas palavras de Carlos Ascenso André, «parecia quase assumido a contragosto: generais que triunfam, mas que não saem endeusados, um herói que rejeita o seu papel, um anti-herói que deixa a impressão de ter a simpatia do narrador».

2022-05-02 / É com humano orgulho que a Quetzal completa o seu catálogo de obras-primas da literatura (...)

Mais Notícias

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK