Quase esgotado 2020, a Quetzal antecipa 2021.

Agenda Literária 2021
A 1 de janeiro, a jovem Mary Shelley publica, pela primeira vez, anonimamente, Frankenstein; ou, o Prometeu Moderno, considerado o «pai» do romance de ficção-científica. É com esta efeméride que a nova agenda literária da Quetzal Editores abre o ano 2021. Também com autoria de Helena Vasconcelos – à semelhança da agenda de 2020 – esta é a nova edição daquela que queremos constante e renovada presença do meio literário português. A Agenda Literária 2021 chega às livrarias a 18 de setembro.

2020-09-16 / «Não é uma agenda para nos apressarmos, para relembrar o cumprimento de tarefas urgentes, (...)

A invenção da moderna literatura portuguesa de viagens.

Pela Terra Alheia
Condensando num só volume os dois tomos da edição original que reúne textos escritos entre 1867 e 1910, esta edição de Pela Terra Alheia repõe nas livrarias um clássico contemporâneo de Ramalho Ortigão, esgotado há muito. As grandes descrições e narrativas do escritor inventaram a moderna literatura portuguesa de viagens, emprestando-lhe cosmopolitismo, alegria e luxúria – e um picante de humor e ironia que só Ramalho pôde conhecer. Chega às livrarias a 11 de setembro.

2020-09-16 / Pela Terra Alheia percorre Espanha, Argentina, França, Alemanha e Itália; as descrições e (...)

A mentira que mudou o rumo de um país e de um continente.

Tempos Duros
Tempos Duros é um thriller histórico e político que assinala o regresso de Mario Vargas Llosa, Prémio Nobel da Literatura, aos temas dos seus livros mais importantes. O novo romance do escritor peruano decorre na Guatemala, em 1954, quando o golpe militar orquestrado pelos Estados Unidos através da CIA provoca a queda do governo reformista eleito. De forma notável, Vargas Llosa mostra como a verdade foi sacrificada e a mentira mudou o rumo de um país e de um continente.

2020-09-02 / Jacobo Árbenz, líder moderado e democraticamente eleito, foi acusado pelos seus oponentes (...)

Livros que voam

Tempos Duros
Mario Vargas Llosa, Paul Theroux, Ramalho Ortigão, Mariana Enriquez e Susan Sontag juntam-se no regresso da atividade editorial da Quetzal Editores. 

2020-09-01 / Setembro na Quetzal Editores marca o regresso de Mario Vargas Llosa aos temas (...)

Intimidade, confissões, família, memória e pacificação.

Regresso a Casa
Doze anos depois de Gaveta de Papéis, é Regresso a Casa que traz José Luís Peixoto de volta à poesia. O novo livro do autor de Autobiografia fala-nos a partir das quatro paredes de uma casa – e de todas as suas recordações em tempos de pandemia. Evoca a solidão, o isolamento, as portas fechadas, mas também a solidariedade das recordações: a mãe, os aromas, a família, a aldeia, o amor.

2020-07-31 / Há espaço para a recordação da infância como para a peregrinação pelo mundo inteiro, como (...)

Mais Notícias

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK