2018-03-01

«Cartas e Recordações»

Saul Bellow escreveu, ao longo de toda a sua longa vida, cartas maravilhosas. As suas cartas são a autobiografia que Bellow nunca escreveu.

Partilhar:
Maravilhosamente perspicazes, impiedosas, hilariantes, ferozes, ternurentas e sábias, as cartas de Saul Bellow são a a autobiografia que nunca escreveu. «Cartas e Recordações» colige algumas das melhores, enviadas a companheiros de escrita como William Faulkner, John Cheever, Ralph Ellison, Martin Amis, entre outros. Reveladoras das influências no trabalho de um homem, iluminam o seu legado duradouro: os romances e as histórias que granjearam o Nobel e a admiração de leitores de todo o mundo.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK