2019-09-16

O Século dos Prodígios vence Prémio John dos Passos

O livro O Século dos Prodígios – A Ciência no Portugal da Expansão, de Onésimo Teotónio Almeida, publicado pela Quetzal, acaba de ser anunciado como vencedor do Prémio John dos Passos 2019. O presidente do júri, Marcelino de Castro, destacou a «primazia do assunto e matérias tratadas, que respeitam um tema maior da cultura portuguesa». Esta é a quarta edição do Prémio John dos Passos (que adota o nome do grande escritor americano descendente de imigrantes portugueses da Madeira), que marca o seu regresso como parte integrante no Programa de Comemorações dos 600 Anos do Descobrimento das Ilhas da Madeira e Porto Santo. Com esta distinção, o autor arrecada sete mil euros

Partilhar:
O ensaio O Século dos Prodígios conta já com três galardões que destacam a sua pertinência, atualidade e qualidade: Prémio Fundação Calouste Gulbenkian, História da Presença de Portugal no Mundo (atribuído pela Academia Portuguesa de História); Prémio Mariano Gago (atribuído pela Sociedade Portuguesa de Autores); Prémio D. Diniz, da Fundação Casa de Mateus, cuja cerimónia de entrega decorrerá a 20 de setembro. Num momento em que se discute a importância e a natureza dos Descobrimentos, Onésimo Teotónio Almeida lembra o carácter pioneiro da ciência portuguesa desse período – e que o nosso século XVI foi, verdadeiramente, um século de prodígios, cheio de inovação, curiosidade e especulação.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK