Movimento

Movimento

Formatos disponíveis
9,90€ I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
9,90€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

É uma poesia da observação e de memória, tanto das coisas grandiosas como, sobretudo, de instantes «menores» e acontecimentos rápidos: de um domingo de Páscoa na cidade de Mostar a uma cadeira de café, dos poemas de Catulo e Horácio aos gatos dos cemitérios, João Luís Barreto Guimarães transporta-nos a um quotidiano bélico sob o signo de um tempo duro, onde coexistem o belo e o trágico, a ironia e a História, em instantes de onde emerge - ora terno, ora tenso - o movimento da vida.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«João Luís Barreto Guimarães escreve “de dentro da vida”.»
Ângela Sarmento
«Os seus versos parecem um paradigma do poema contemporâneo. Única e exclusivamente respiração.»
Clarín (Buenos Aires)

«Exemplar na arte da observação.»
José Mário Silva, Expresso

«Os seus poemas recompõem a precaridade da nossa experiência. Em cada poema que escreve a vida salva-se.»
José Ángel Cilleruelo, A Cielo Abierto

DETALHES DO PRODUTO

Movimento
ISBN: 9789897227011
Edição/reimpressão: 10-2020
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068001007
Idioma: Português
Dimensões: 126 x 196 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 88
Tipo de Produto: Livro
Além de poeta e tradutor, João Luís Barreto Guimarães, que nasceu no Porto a 3 de junho de 1967, é médico, e publicou o primeiro livro de poemas em 1989. Movimento (2020) é o seu sexto título na Quetzal. Está representado em antologias e revistas literárias de Portugal, Espanha, França, Bélgica, Holanda, Reino Unido, Alemanha, Áustria, Itália, Hungria, Bulgária, Roménia, Eslovénia, Croácia, Montenegro, Macedónia, México, Uruguai, República Dominicana, Estados Unidos e Brasil. Em 1992 recebeu o Prémio Criatividade Nações Unidas. Foi distinguido com o Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa e duas vezes finalista do Premio Internazionale Camaiori, tendo obtido o Prémio Livro de Poesia do Ano Bertrand. Além da Medicina, divide o seu tempo entre Leça da Palmeira e Venade (no coração da serra, perto de Caminha, Alto Minho).
Ver Mais

QUEM COMPROU TAMBÉM COMPROU

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK