O Filho da Rainha Gorda

ISBN: 9789897225338
Edição/reimpressão: 09-2018
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000856
ver detalhes do produto
15,50€ I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
15,50€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

D. Pedro V e sua mãe, D. Maria II

«Era uma vez uma rainha muito gorda, chamada D. Maria da Glória Joana Carlota Leopoldina da Cruz Francisca Xavier de Paula Isidora Micaela Gabriela Rafaela Gonzaga.» Assim começa uma enternecedora história de Natal que tem como personagens centrais D. Maria II, D. Fernando II e seu filho D. Pedro V. As ilustrações coloridas são da autoria do próprio rei D. Fernando II, num livro em que alguns importantes factos históricos menos conhecidos serviram de mote à inspiração de Filomena Mónica para este conto de Natal, dedicado a miúdos e graúdos, que a autora escreveu para dar de presente aos netos. Se toda a História de Portugal fosse assim contada - como se fosse um conto infantil -, seria muito agradável de ler e aprender pelas crianças.

Uma história belíssima e divertida escrita por Maria Filomena Mónica para as suas netas - com ilustrações originais do rei D. Fernando II.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O Filho da Rainha Gorda
ISBN: 9789897225338
Edição/reimpressão: 09-2018
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000856
Idioma: Português
Dimensões: 174 x 200 x 11 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 80
Tipo de Produto: Livro
Maria Filomena Mónica nasceu em Lisboa, em 1943. É licenciada em Filosofia pela Universidade de Lisboa (1969) e doutorada em Oxford (1978). Investigadora emérita do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, cronista e repórter na imprensa, coautora de séries para a televisão, Maria Filomena Mónica escreveu uma longa lista de livros, entre os quais se contam Educação e Sociedade no Portugal de Salazar (1978), sua tese de doutoramento; Vida Moderna (1997); Os Filhos de Rousseau (1997); Fontes Pereira de Melo (1999); O Filho da Rainha Gorda (2004); Bilhete de Identidade (2005); Cesário Verde (2007); Eça de Queirós (2009); Os Pobres (2016); e Os Ricos (2018).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK