Mentiras & Diamantes

Mentiras & Diamantes

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponíveis
16,60€
13,28€
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
16,60€
13,28€
COMPRAR
I20% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Jorge Ferreira, conhecido como "o conde", recebe na sua quinta uma jovem e muito bela inquilina inglesa, que pretende passar uma temporada no interior algarvio a escrever um livro.

Rondando os cinquenta, o anfitrião é um homem educado, atraente e rico, mas extremamente reservado (partilha a imensa casa senhorial, no meio de uma paisagem de cortar a respiração, com apenas duas governantas velhas, uma cozinheira e um feitor): não se lhe conhecem amigos, amantes ou outro tipo de laços. Talvez porque o seu passado esconde um acto de ignomínia, uma tremenda infâmia, que o vitima até hoje e que pretende erradicar da memória.

Sarah Langton é impulsiva e aventureira, viciada em liberdade e em correr riscos - o que não consegue coadunar com a reclusão e a disciplina que a escrita exige. Filha de um italiano riquíssimo, também não são os problemas monetários que a atraem para o perigoso mundo do tráfico de diamantes… mas sim a perspetiva de produzir matéria-prima ficcional de primeira, mesmo que a não passe ao papel, e a de que a aura de segredo e mistério mantenha à distância curiosos indesejados.

Tudo parece concorrer para que estas duas pessoas se aproximem lentamente e que comecem a processar o que as atormenta (a Jorge, o episódio do passado; a Sarah a dificuldade extrema em escrever alguma coisa pertinente)… Mas a súbita visita de Biafra - vistoso fato de linho branco, cravo na botoeira, panamá na mão -, para praticar uma pequena chantagem, precipita uma cascata de revelações, desenlaces, mortes, desaparecimentos entre a Libéria, Marrocos, Algarve, Londres e Amsterdão.

Mentiras & Diamantes, o mais recente e inédito romance de J. Rentes de Carvalho, é um thriller habilmente construído e uma narrativa implacável, violenta e sexy. E um maravilhosamente obscuro objeto de suspense.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

O mundo como ele é.
Henrique Fialho - Livreiro Bertrand La Vie Caldas da Rainha |2017-03-23
Não há nada que se compare aos livros de José Rentes de Carvalho na literatura portuguesa contemporânea. Respiga nos factos as suas fantasias, mas não se fica por relatá-los, oferece-lhes a poesia de um olhar sagaz, desmonta-os, baralha-os, mistura-os numa urdidura onde vamos descobrindo tempos diversos e uma vontade de semear pistas sobre uma ética que rejeita leituras literais da ação humana. Não encontramos entre as personagens do autor gente apenas boa ou má. Encontramos gente onde os defeitos revelam as virtudes e as virtudes fazem sobressair os defeitos. J. Rentes de Carvalho arrasta para a história o tráfico de diamantes, tema que lhe oferece ritmo e intriga, mas o que verdadeiramente importa neste "Mentiras & Diamantes" é o encontro entre Jorge e a inglesa Sarah Langton. Os dois contrastam ao mesmo tempo que se aproximam. Ela procura o risco, ele anseia pelo recato, ela busca ação, ele pede sossego. São polos de uma teia onde se intersectam as vontades, os desejos, os anseios de pessoas diversas, advogados perversos e feitores fiéis que nem cães (enorme personagem, a do feitor Samuel), gente vulgar e mesquinha, intriguista ou patuscamente bisbilhoteira e tipos ardilosos, arrivistas, malandros das mais alta e baixa esferas, numa geografia que transpõe fronteiras e viaja por Portugal como quem consegue deslocar-se à raiz de um povo.

DETALHES DO PRODUTO

Mentiras & Diamantes
ISBN:9789897220951
Edição/reimpressão:04-2013
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000405
Idioma:Português
Dimensões:148 x 233 x 21 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:316
Tipo de Produto:Livro
De ascendência transmontana, J.Rentes de Carvalho nasceu em 1930, em Vila Nova de Gaia, onde viveu até 1945. Frequentou no Porto o Liceu Alexandre Herculano, e mais tarde os de Viana do Castelo e de Vila Real, tendo cursado Românicas e Direito em Lisboa - onde cumpriu o serviço militar. Obrigado a abandonar o país por motivos políticos, viveu no Rio de Janeiro, em São Paulo, Nova Iorque e Paris, trabalhando para jornais como O Estado de São Paulo, O Globo ou a revista O Cruzeiro. Em 1956 passou a viver em Amesterdão, na Holanda, como assessor do adido comercial da Embaixada do Brasil. Licenciou-se (com uma tese sobre Raul Brandão) na Univ. de Amesterdão, onde foi docente de Literatura Portuguesa entre 1964 e 1988. Dedica-se desde então exclusivamente à escrita e a uma vasta colaboração em jornais portugueses, brasileiros, belgas e holandeses, além de várias revistas literárias. A sua bibliografia inclui romances (entre eles, Montedor, 1968, O Rebate, 1971, A Sétima Onda, 1984, Ernestina, 1998, A Amante Holandesa, 2003), contos, diário (Tempo Contado ou Tempo sem Tempo), crónica (Mazagran, 1992) e guias de viagem. O seu Portugal, een gids voor vrienden (Portugal, Um Guia para Amigos), de 1988, esgotou dez edições. Com os Holandeses (Waar die andere God woont, publicado originalmente em neerlandês, em 1972, e um sucesso editorial na Holanda) é a primeira obra de J. Rentes de Carvalho no catálogo da Quetzal. O mais recente título de Rentes de Carvalho é Gods Toorn over Nderland - A Ira de Deus sobre a Holanda. Em 2012 foi galardoado com o Grande Prémio de Literatura Biográfica APE/Câmara Municipal de Castelo Branco 2010-2011com o livro Tempo Contado.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK