Espanto e Encantamento

Memórias de um vigilante de museu

O poder do diminuto, do pequeno, do pormenor, na busca da plenitude e da iluminação.
Formatos disponíveis
19,90€ I
17,91€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
19,90€ I
17,91€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Alois Vogel trabalha como vigilante do Museu dos Expressionistas de Coblença, a cidade em que nasceu. Depois de 25 anos como funcionário, começa a escrever as suas memórias: o relato de uma vida aparentemente monótona e insignificante, mas de uma intensidade assombrosa. Nessas memórias fala sobre os visitantes do museu e as vidas que lhes inventa, sobre os colegas, os mestres do expressionismo, a cerveja - e a solidão.

As confissões de Alois Vogel - tão maníaco quanto terno, e cujo olhar é de uma candura desarmante - levam-nos a descobrir o poder do diminuto, do pequeno, do pormenor e da observação. Através de uma personagem singular e anónima, Pablo d’Ors fala da busca da plenitude e do simples, e dos labirintos da mente que procura iluminação.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«A obra de Pablo d’Ors nada contra a corrente da maioria, ao propor o exercício de ouvir e sentir as belezas deste mundo.»
ABC

DETALHES DO PRODUTO

Espanto e Encantamento
ISBN: 9789897225949
Edição/reimpressão: 02-2023
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068001067
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 235 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 368
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Pablo d’Ors nasceu em Madrid, em 1963. É padre, filósofo, teólogo, escritor e crítico literário. Foi professor de dramaturgia e de estética teológica na Universidade Complutense e noutros institutos de estudos superiores de Espanha e da Argentina. Além de livros de ensaio, publicou romances e um livro de narrativas curtas. Em 2014, assumiu o cargo de conselheiro cultural do Conselho Pontifício para a Cultura (Pontificium Consilium de Cultura), por nomeação expressa do papa Francisco. Em 2019, a Quetzal publicou a sua obra O Amigo do Deserto.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK