Aonde o Vento Me Levar

ISBN: 9789897220654
Edição/reimpressão: 11-2012
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000379
ver detalhes do produto
10,00€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
10,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Este livro é uma travessia: entre o autor e as suas personagens, entre a realidade e a ficção e entre os mundos conhecidos e aqueles que se inventam e vivem apenas nos livros. Uma ponte entre todos os romances do mundo e a impossibilidade de escrever um romance. Uma viagem por África sem chegar a sair do sítio - sem lá ter ido ou atravessado as suas fronteiras. Uma homenagem à literatura, portanto, mas também uma reflexão sobre o mundo e as suas contradições.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«É um livro, sim, sobre a perdição. Perdição entre outros livros, entre caminhos, colocando romances de outros autores em diálogo. Estão à espera de quê? Leiam.»
Francisco José Viegas

«Este é e não é um livro de viagens. (...) Dos aerogramas de M. e das reacções do narrador nasce um diálogo quase surdo, mas cujo resultado é uma curiosa deambulação entre ficção e realidade e sobre a relação que a percepção estabelece com ambas. E essa é a viagem maior.»
Sara Figueiredo Costa

«A realidade e a ficção constituem a matéria da Literatura e o autor explora aqui a ideia dessa grande viagem que a leitura – e a escrita – nos proporcionam.»
Helena Vasconcelos

DETALHES DO PRODUTO

Aonde o Vento Me Levar
ISBN: 9789897220654
Edição/reimpressão: 11-2012
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000379
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 233 x 17 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 208
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Manuel Jorge Marmelo nasceu em 1971, na cidade do Porto.
Estreou-se na literatura em 1996 e publicou, de então para cá, em Portugal e não só, romances, crónicas, contos e livros infantis, destacando-se os romances Uma Mentira Mil Vezes Repetida, editado em 2011, que conquistou o prestigiado Prémio Literário Casino da Póvoa/Correntes d'Escritas 2014; Macaco Infinito, de 2016; Somos Todos Um Bocado Ciganos, de 2012; e o livro O Silêncio de um Homem Só, distinguido em 2005 com o Grande Prémio do Conto Camilo Castelo Branco. O romance O Tempo Morto É Um Bom Lugar, de 2014, foi um dos três finalistas do Livro do Ano da Time Out Lisboa.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK