A Herança Perdida

A Herança Perdida

ISBN: 9789897220449
Edição/reimpressão: 09-2012
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000364
ver detalhes do produto
10,00€ I
-20%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
10,00€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

A Herança Perdida reúne ensaios que o crítico James Wood foi publicando ao longo de vários anos em publicações tão prestigiadas como a New Republic. De Herman Melville a Philip Roth, de Virginia Woolf a Don DeLillo, Wood analisa as formas como nestes escritores a literatura funciona como uma espécie de religião. Regista igualmente o percurso inverso - a transformação da religião num género literário - levado a cabo por autores do século XIX como Matthew Arnold e Ernest Renan. A distinção entre a realidade e o realismo, os polémicos ensaios sobre George Steiner, John Updike e Julian Barnes, a profunda empatia da escrita que permite novas leituras de escritores consagrados são motivos suficientes para se aceder ao universo de James Wood.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Ler os textos de A Herança Perdida é um constante desafio, por vezes chocante, por implicar o desmoronar de algumas ideais feitas e o ressurgir de outras mais perturbadoras e iconoclastas. Wood obriga-nos a pensar a crítica como algo mutável, mais livre do ferrete das ideologias, e a alterar a forma como olhamos os textos literários, se formos suficientemente audazes e imaginativos.»
Helena Vasconcelos, Público

DETALHES DO PRODUTO

A Herança Perdida
ISBN: 9789897220449
Edição/reimpressão: 09-2012
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000364
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 234 x 26 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 392
Tipo de Produto: Livro

sobre James Wood

James Wood nasceu em 1965, em Durham, na Inglaterra, onde o seu pai era professor de Zoologia na universidade local. Estudou em Eton, onde recebeu a bolsa de estudos de música, e depois em Cambridge. Em 1990, foi o vencedor do Young Journalist of the Year Award. De 1992 a 1995, foi o principal critic literário do The Guardian e, em 1995, tornou-se editor sénior da revista The New Republic nos Estados Unidos. A partir de 2007 as suas críticas e ensaios têm aparecido com frequência no New York Times, The New Yorker, The New York Review of Books, e na London Review of Books, onde é um membro do concelho editorial. É colaborador residente da New Yorker e professor de Prática da Crítica Literária em Harvard. É autor de várias recolhas de ensaios e de um romance.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK