Regresso à Patagónia

Regresso à Patagónia

Depois de "Na Patagónia", a revisitação de um dos grandes lugares mágicos do nosso mundo.
ISBN: 9789725647776
Edição/reimpressão: 03-2009
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000013
ver detalhes do produto
5,00€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
5,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Esgotado ou não disponível.
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Este pequeno livro raro e de culto resulta do encontro de dois dos mais importantes autores de literatura de viagens. Bruce Chatwin escreveu a obra de referência Na Patagónia, que Theroux levava em mente e na bagagem quando partiu para a Terra do Fogo na viagem que deu origem a The Old Patagonian Express (O Velho Expresso da Patagónia).

Em Regresso à Patagónia reúnem-se textos dos dois autores, num guia relâmpago das histórias da região (segundo o The Independent), juntos em temas tão diversos quanto "Animais e pássaros estranhos" e "A perplexidade de Darwin".
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Regresso à Patagónia
ISBN: 9789725647776
Edição/reimpressão: 03-2009
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000013
Idioma: Português
Dimensões: 133 x 188 x 7 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 76
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Literatura de Viagem

sobre os autores

Paul Theroux nasceu em Medford, no Massachusetts, em 1941. O pai era franco-canadiano e a mãe italiana, e Paul era um dos sete irmãos. Frequentou as Universidades do Maine e, posteriormente, do Massachusetts. O curso de Escrita Criativa que realizou com o poeta Joseph Langland fê-lo descobrir que escrever era o que queria fazer na vida. Viveu em Itália, onde foi leitor; no Malawi, onde também ensinou e esteve envolvido no golpe de Estado que tentou depor o então presidente-ditador; em Singapura e no Uganda, onde deu aulas de Inglês e não só conheceu a sua futura mulher como também encontrou, pela primeira vez, V.S. Naipaul (que viria a ser seu grande amigo e mentor). Paul Theroux vive atualmente entre Cape Cod e o Havai.
A par das colaborações regulares que manteve ao longo dos anos com as revistas Playboy, Esquire e Atlantic Monthly, escreveu dezenas de romances (alguns adaptados ao cinema), ensaios e alguns dos melhores livros de viagens de sempre, como O Velho Expresso da Patagónia, Comboio Fantasma para o Oriente e O Grande Bazar Ferroviário, todos publicados pela Quetzal.
Ver Mais
Bruce Chatwin (1940-1989) é um dos mais aclamados escritores de literatura de viagens de sempre. Foi jornalista do Sunday Times Magazine durante vários anos, e a carta de demissão que mandou ao seu superior ficou célebre – nela lia-se simplesmente: «Fui para a Patagónia.» O seu livro mais celebre é, justamente, Na Patagónia, um clássico da literatura contemporânea, relato de viagem e retrato da solidão dos grandes territórios do sul do mundo. A sua carreira literária foi curta (mais longa terá sido a de viajante), mas de enorme brilho. Os seus livros, entre os quais O Vice-Rei de Ajudá, O Que Faço Eu Aqui?, Utz, Anatomia da Errância ou Regresso à Patagónia (com Paul Theroux), foram publicados pela Quetzal.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK