Peregrino da Liberdade Dalai Lama XIV

Uma biografia minuciosa e completa do grande líder espiritual do budismo tibetano
Formatos disponíveis
19,90€ I
-10%
48H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
19,90€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - envio até 48 horas
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Uma biografia minuciosa e completa do grande líder espiritual do budismo tibetano, escrita pelo primeiro jornalista português a entrevistar o Dalai Lama.

«Dalai Lama» é o título do líder religioso do budismo tibetano. Também eram assim designados os líderes políticos do Tibete entre o século XVII e 1959. Com documentos inéditos e fontes locais, além de fotografias igualmente inéditas, Ricardo de Saavedra - autor de O Puto (um livro fascinante sobre os anos da revolução portuguesa, prestes a ser adaptado à televisão) e da biografia de António Manuel Couto Viana - elabora uma biografia direta, simples, acessível, num momento em que o budismo regista cada vez mais adeptos no nosso país.
Ricardo de Saavedra foi o primeiro jornalista português a entrevistar o Dalai Lama em Dharamsala e a acompanhar e registar fotograficamente uma peregrinação comemorativa do abandono de Lhasa e da sua partida para a Índia — a mítica e perigosa fuga do Dalai Lama, perseguido pelas autoridades e pelo exército chineses.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Peregrino da Liberdade Dalai Lama XIV
ISBN: 9789897225765
Edição/reimpressão: 03-2019
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000904
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 233 x 28 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 408
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Livros > Literatura > Biografias > Livros em Português > Livros > Religião e Moral > Budismo e Xintoísmo
Ricardo de Saavedra é jornalista. Findo o serviço militar, radicou-se em Lourenço Marques, onde foi professor e integrou a redação do jornal Notícias, além de ter sido diretor de uma agência noticiosa. Depois viveu em Joanesburgo, onde colaborou nas rádios Suázi e RSA, dirigiu uma revista e um semanário. Regressado a Portugal em 1987, ingressou no Diário de Notícias, onde foi editor de economia, diretor-adjunto da Notícias Magazine, editor executivo e diretor de publicações especiais – cargo que também exerceu no Jornal de Notícias. Publicou livros de reportagem, romance e biografia. Na Quetzal, publicou O Puto e António Manuel Couto Viana – Memorial do Coração.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK