Mas é Bonito

Mas é Bonito

Prémio Somerset Maugham
ISBN:9789897221538
Edição/reimpressão:04-2014
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000466
Coleção:Serpente Emplumada
ver detalhes do produto
15,50€I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
15,50€I
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio 24H
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para a Formação de Adultos como sugestão de leitura.

A partir do modo como ouve o jazz de Charles Mingus, Thelonious Monk, Bud Powell, Art Pepper, Chet Baker, entre outros, e a partir de uma série de fotografias de músicos e formações, Geoff Dyer improvisa e ficciona oito variações como se fossem, cada uma delas mas também em conjunto, um romance. Nas palavras de Keith Jarrett, este é o melhor livro de jazz que ele alguma vez leu. Um livro sobre jazz, improviso e domadores de feras.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Geoff Dyer é um escritor que conseguiu devolver a escrita ao escrever.»
Miguel Esteves Cardoso

«De jazz, de standards e das suas declinações trata este peculiar livro que esboça, num registo solto, poético e subjetivo, os retratos de alguns gigantes do jazz, de vidas atormentadas ou trágicas […]»
Time Out

«Todo este livro é jazz. […] O mais incrível é que tudo se relaciona na perfeição. […] Se depois de ler umas páginas não tiver curiosidade de escutar os protagonistas no seu habitat natural é porque algo não está bem.»
Jornal i

«Geoff Dyer traça o perfil de uma série de músicos de jazz que são incontornáveis. As suas descrições são pequenas obras-primas da prosa. É isto que torna este Mas É Bonito um dos mais fascinantes livros sobre jazz.»
Jornal de Negócios

«Neste fascinante livro, o autor deixa de ser escritor e torna-se músico para descrever o seu maior amor: o jazz.»
Elle

«Esboçando a partir da forma como ouve a música de Mingus, Monk, Bud Powell, Art Pepper e de fotografias-chave destes, Dyer construiu oito variações, cada uma como um romance altamente concentrado. (…) O resultado é brilhante (…)»
Independent on Sunday

«O único livro sobre jazz que alguma vez recomendei aos meus amigos. Uma pequena joia.»
Keith Jarrett

«Mas É Bonito é simplesmente isso. Um tributo comovente e muitíssimo original à música negra americana.»
Bryan Ferry

«Muito bonito: um livro engenhoso e brilhante.»
New York Times

«Provavelmente o melhor livro que alguma vez se escreveu sobre jazz.»
Los Angeles Times Book Review

DETALHES DO PRODUTO

Mas é Bonito
ISBN:9789897221538
Edição/reimpressão:04-2014
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000466
Coleção:Serpente Emplumada
Idioma:Português
Dimensões:149 x 233 x 18 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:224
Tipo de Produto:Livro

sobre Geoff Dyer

Geoff Dyer nasceu em Inglaterra, em 1958. É romancista e crítico, e um dos mais originais e talentosos escritores contemporâneos do Reino Unido. A sua escrita reparte-se entre estudos críticos, coletâneas de ensaios e títulos de género indefinível sobre jazz, fotografia, cinema e literatura. Foi finalista e galardoado com numerosos prémios: Somerset Maugham Award, John Llewellyn Rhys Prize, National Book Critics Circle Award, E.M. Forster Award da Academia Americana de Artes e Letras, International Center of Photography Award, entre outros.
Depois de Yoga para Pessoas Que Não Estão para Fazer Yoga, publicado em 2013, e de Mas É Bonito, publicado em 2014, a Quetzal dá continuidade à divulgação dos apaixonantes livros de Geoff Dyer com Areias Brancas.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK