Elizabeth Finch

«A tarefa do presente é corrigir a nossa compreensão do passado. E essa tarefa torna-se mais urgente quando o passado não pode ser corrigido.»
Formatos disponíveis
17,70€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
17,70€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Elizabeth Finch dá aulas de Cultura e Civilização. A sua maneira de pensar não agrada a toda a gente: vai irritar uns, intimidar outros - e fazer alguns apaixonarem-se. Ela é rigorosa, empática e leva os alunos a pensarem de forma independente, a desenvolverem as suas próprias ideias. É uma pensadora, uma excelente professora e uma verdadeira inspiração.

Quando morre, os seus papéis ficam ao cuidado de um antigo aluno, Neil, o narrador desta história, que os percorre, analisa e estuda. As ideias de Finch descerram filosofias do passado e exploram acontecimentos decisivos, que mostram como pode fazer sentido a nossa existência no presente. Por trás de tudo, a história de Juliano, o Apóstata, último imperador pagão de Roma, sua alma gémea e que, como ela, desafiou o pensamento monoteísta institucional, que sempre ameaçou dividir a humanidade.

Elizabeth Finch é mais do que um romance - é um tributo emotivo à filosofia, uma cuidadosa avaliação da História e um convite a pensarmos de forma livre e independente.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Barnes é sempre inteligente, muito frequentemente original e invulgarmente cómico.»
The Times

«Uma história de descoberta e uma exploração filosófica.»
The Scotsman

«Mestre da ironia, Barnes enche este livro com momentos poderosos e emocionantes.»
The Sunday Times

DETALHES DO PRODUTO

Elizabeth Finch
ISBN: 9789897228292
Edição/reimpressão: 07-2022
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068001162
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 235 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 216
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Julian Barnes nasceu em Leicester e vive em Londres desde 1946. É autor de mais de uma vintena de livros. Ganhou, em 2011, o Prémio Man Booker pelo seu romance O Sentido do Fim. Três dos seus romances foram, aliás, finalistas deste prémio, entre eles O Papagaio de Flaubert, também galardoado com os prémios Medicis e Fémina. Elizabeth Finch é o seu mais recente romance, depois de O Homem do Casaco Vermelho, publicado pela Quetzal em 2021.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK