Devoção

Devoção

ISBN:9789897224676
Edição/reimpressão:04-2019
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000792
Coleção:Serpente Emplumada
ver detalhes do produto
15,50€
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
15,50€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IPré-Lançamento. 05-04-2019
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Saído da pena de uma das artistas mais inspiradoras do nosso tempo, este livro é um testemunho do processo criativo de Patti Smith.
Uma bela e original história de obsessão: a de uma patinadora que vive para a sua arte, a do possessivo colecionador que implacavelmente busca o seu prémio, e a de uma relação forjada pela necessidade. Acompanha-a um ensaio que torna mais tangível a origem misteriosa deste inquietante conto.

A iluminação chega-nos quando Smith viaja para o Sul de França até à casa de Camus, encontra a sepultura de Simone Weill no cemitério de Ashford, nos arredores de Londres, e persegue as ruas labirínticas e sem nome da Paris de Patrick Modiano. Escrevendo em cafés e comboios, Patti Smith abre generosamente os seus cadernos de apontamentos e revela a alquimia do seu trabalho, neste vibrante livro sobre a escrita e a razão pela qual escrevemos.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Devoção
ISBN:9789897224676
Edição/reimpressão:04-2019
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000792
Coleção:Serpente Emplumada
Dimensões:128 x 198 mm
Encadernação:Capa dura
Páginas:144
Tipo de Produto:Livro
Patti Smith é escritora, e artista musical e visual. Começou a ser reconhecida durante os anos 1970 pela fusão revolucionária de rock’n’roll e poesia do seu trabalho. O seu disco seminal, intitulado Horses, mostrando na capa a célebre fotografia tirada por Robert Mapplethorpe, foi aclamado um dos 100 melhores álbuns de sempre. Patti Smith gravou 12 álbuns. Os seus desenhos foram expostos no Gotham Book Mart em 1973, e pelo Andy Warhol Museum em 2002. Foram também alvo de uma mostra, juntamente com fotografias e instalações da sua autoria, na Fondation Cartier pour l’Art Contemporain em Paris, em 2008. Publicou vários livros - entre os quais Witt, Babel, Woolgathering, The Coral Sea e Auguries of Innocence -, recebeu, em 2005, a mais alta distinção da República Francesa no campo das artes, Commandeur des Arts et des Lettres, e, em 2007, passou a integrar o Rock and Roll Hall of Fame. Casou-se com o já desaparecido Fred Sonic Smith, em Detroit, em 1980. Tiveram um filho, Jackson, e uma filha, Jesse. Vive em Nova Iorque.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK