As Meninas da Numídia

As Meninas da Numídia

Um relato cru e belo que revela um autor secreto, um tesouro a que finalmente temos acesso.
ISBN:9789725647790
Edição/reimpressão:04-2009
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000024
ver detalhes do produto
10,00€I
-10%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
10,00€I
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEsgotado ou não disponível
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Num bordel de Casablanca, Rosa, Almíscar da noite, Yasmin, pequena Amêndoa, Nectarina e as suas companheiras começam uma noite de trabalho. Muito jovens, de uma beleza que contrasta com a sordidez do local, esperam, sob o olhar dos proxenetas Spartacus e Zapata, que a madrugada lhes traga os melhores clientes, «os homens dos poços». À medida que a noite avança, assistiremos ao perigoso jogo do poder e da sobrevivência e aos ritos de passagem deste universo subterrâneo e claustrofóbico, que alguns tentarão por todos os meios abandonar.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Só por este [romance, Leftah] merecia lugar de destaque. Original e inclassificável. [...] A linguagem é simultaneamente poética e crua, e Leftah consegue ainda a proeza de, a uma só voz, escrever um hino às mulheres e à literatura.»
Ana Cristina Leonardo, blog Meditação na Pastelaria
«Mohamed Leftah e um hino ao romance.»
Le Monde

DETALHES DO PRODUTO

As Meninas da Numídia
ISBN:9789725647790
Edição/reimpressão:04-2009
Editor:Quetzal Editores
Código:000068000024
Idioma:Português
Dimensões:149 x 231 x 7 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:164
Tipo de Produto:Livro
Mohamed Leftah nasceu em 1946 em Marrocos, em Ceuta, e estudou em Casablanca. Em Maio de 1968 era engenheiro em Paris e, enquanto as pedras eram arrancadas da calçada, entregava-se à poesia e ao álcool. Passada a celebração, tornou-se informático, jornalista literário e escritor. Escreveu sempre em segredo, sem a preocupação de ser lido, até que em 2006 a editora francesa La Différence começou a publicar o conjunto das suas obras - um tesouro a que finalmente temos acesso. Mohamed Leftah morreu no Cairo, em Junho de 2008.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK