A História Não Acabou

A História Não Acabou

«O tempo é uma invenção recente, diabólica.»
ISBN: 9789725649411
Edição/reimpressão: 05-2011
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000232
Coleção: Serpente Emplumada
ver detalhes do produto
15,50€ I
-10%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
15,50€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

A História Não Acabou é um livro de um «apolítico», no sentido que Thomas Mann deu à expressão - alguém que, como a maior parte de nós, encontra mais prazer num dia de praia do que na crónica política. Porém, quando o corpo social se deteriora, se desgasta pela agressão, pondo em jogo os valores em que acreditamos, então são necessários o protesto, o testemunho, a tomada de posição, a análise, a sátira.
Nascidos de artigos escritos para o jornal Corriere della Sera, os capítulos de A História Não Acabou abordam, entre muitas outras questões incontornáveis nas sociedades contemporâneas, a laicidade, liberta do equívoco que a contrapõe à fé; a necessidade e os limites do diálogo entre as culturas; a relação entre o Estado e a Igreja ou entre a ética e o direito; o espírito religioso; a crescente regressão irracionalista; a involução política que nos últimos anos tem feito perigar os valores elementares da democracia e do liberalismo.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

A História Não Acabou
ISBN: 9789725649411
Edição/reimpressão: 05-2011
Editor: Quetzal Editores
Código: 000068000232
Coleção: Serpente Emplumada
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 233 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 256
Tipo de Produto: Livro
Claudio Magris nasceu em Trieste, em abril de 1939. É romancista, ensaísta, germanista, e colabora regularmente com revistas e jornais europeus, nomeadamente o Corriere della Sera. Depois de uma passagem pela Universidade de Freiburg, foi professor de Língua e Literatura Germânicas na Universidade de Turim. Atualmente dá aulas na sua cidade natal. Magris exerceu também o cargo de Senador entre 1994 e 1996.
Os seus livros contribuíram para o conhecimento literário da cultura europeia – ele foi o criador do conceito de Mitteleuropa. Claudio Magris é um dos candidatos favoritos ao Prémio Nobel da Literatura e um dos mais influentes intelectuais dos nossos tempos.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK