2021-09-20

Reedição de A Vida Nova, em versão bilingue, com tradução de Vasco Graça Moura.

Depois da biografia Dante. Uma Vida, de Alessandro Barbero, a Quetzal publica a reedição de A Vida Nova, de Dante Alighieri, em versão bilingue – italiano e português, com tradução e prefácio de Vasco Graça Moura –, continuando a assinalar os 700 anos do aniversário da morte do poeta e filósofo italiano. Disponível a 23 de setembro em todas as livrarias.

Partilhar:

Considerado um dos seus escritos de juventude, Vita Nova terá sido escrito entre 1291 e 1293 em Florença, terra natal de Dante Alighieri. Autobiográfica, a obra intercala verso e prosa, narração e contemplação, lirismo e memória, soneto e balada, alegoria e sensualidade, erotismo e religiosidade, muito ao sabor do dolce stil nuovo – e será uma das obras mais influentes no lirismo posterior. O motivo central do livro é a paixão do autor por Beatriz Portinari, desde os nove anos – e o reencontro nove anos depois, aos dezoito –, até que a vida os separa prematuramente.

A linguagem é inovadora para a época, o modo como Dante celebra o amor e os seus mistérios e tragédias é uma nova forma de tratar o mais nobre dos temas da poesia, e a figura de Beatriz é simultaneamente símbolo metafísico, sexual e místico.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK