2019-02-21

«Na Memória dos Rouxinóis» de Filipa Martins distinguido com o Prémio Literário Manuel Boaventura 2019

Um romance extraordinário, feminino (embora sobre homens), em torno de um matemático que encomendou a sua biografia antes de morrer

Partilhar:
Filipa Martins é a vencedora da segunda edição do Prémio Literário Manuel Boaventura, organizado pela Câmara Municipal de Esposende. O romance galardoado, «Na Memória dos Rouxinóis», teve publicação pela Quetzal, em 2018. O anúncio do prémio criado para distinguir a criação narrativa de romances ou de contos da autoria de escritores de língua portuguesa foi feito hoje, pela Autarquia. 

O livro constrói-se em volta de Jorge Rousinol, um matemático galego, que sempre defendeu o esquecimento como o melhor veículo para a tomada de decisões acertadas. No final da vida, Rousinol encomenda uma biografia sua a uma casa editora. Estranha decisão para quem nunca quis recordar. O biógrafo escolhido acaba por ser alguém com quem privara décadas antes e que se vê, ele próprio, enleado em memórias moribundas.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK