2022-07-12

Humor e tensão numa crónica familiar.

Os Poppers são uma família judaica. Gente instruída, inteligente, calorosa, mimada e (maravilhosamente) insuportável. O mais recente romance da francesa Yasmina Reza é a história desta família. Num tom leve e bem-humorado, tratam-se temas sérios, num jogo de equilíbrios que junta e separa os membros desta família. Traduzido para português por Sandra Silva, O Meu Irmão Serge chega às livrarias a 21 de julho.

Partilhar:

Yasmina Reza demonstra aqui a sua suprema arte de nos observar, de nos fazer rir e pensar e, tal como acontece em quase toda a sua obra, a história desta família funciona como um espelho da nossa condição de humanos: como lidamos com as relações amorosas e familiares, com o envelhecimento e com a morte – e como quase sempre estamos em conflito connosco e com os outros, numa eterna comédia humana.

A narrativa centra-se em redor de três irmãos, agora na casa dos cinquenta, e numa viagem que fazem juntos a Auschwitz. Serge, a personagem mais flamejante da família, é o irmão mais velho, mulherengo e hipocondríaco; Nana, outrora a menina dos olhos do pai, destinada a um futuro glorioso em altas esferas, acaba casada com um espanhol esquerdista e sem dinheiro; Jean, o irmão mais novo, é um homem sem grandes encantos e a quem ninguém presta muita atenção – embora seja ele quem cuida da paz entre os irmãos.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK