2022-06-07

Bruno Vieira Amaral dá nome à Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira.

A partir desta sexta-feira, 10 de junho, a biblioteca municipal do Vale da Amoreira passará a designar-se Biblioteca Bruno Vieira Amaral. Trata-se da primeira biblioteca pública construída de raiz no concelho da Moita, em 1990, no Vale da Amoreira. Esta é uma distinção que presta homenagem ao escritor que, em livros como As Primeiras Coisas ou Hoje Estarás Comigo no Paraíso, tem dado espaço à realidade desta região da margem sul do Tejo na literatura portuguesa, sem nunca esquecer a importância desta biblioteca no seu crescimento pessoal e na sua formação como leitor e autor.

Partilhar:

«Sou frequentador da biblioteca desde a inauguração e o meu percurso de leitor está intimamente ligado àquele espaço, em que fui descobrindo, com os anos, todos os livros, imprensa e autores que me marcaram: de Quino a Goscinny, da revista de O Independente aos jornais desportivos, de Umberto Eco a Gabriel García Márquez. Foi sempre um lugar de estudo e descoberta e, além disso, um ponto de encontro para a minha geração, que acabei por trazer e, de certa forma, homenagear no meu primeiro romance, As Primeiras Coisas», afirma Bruno Vieira Amaral, autor da Quetzal Editores.

A cerimónia decorrerá, a partir das 15h00 do Dia de Portugal, na biblioteca da Av. José Almada Negreiros, Vale da Amoreira – a partir de agora Biblioteca Bruno Vieira Amaral. Para a Quetzal é uma honra poder anunciar esta cerimónia e associar-se a ela com alegria e emoção.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK