2018-09-19

«Atlas» é o último livro publicado em vida de Jorge Luis Borges

Tratado de Geografia Borgesiana

Partilhar:
Jorge Luis Borges já tinha perdido a visão quando começou a viajar com María Kodama, em 1975. Viagens registadas numa sábia e caótica reunião entre os apontamentos, as referências literárias e as fotografias da sua companheira de aventuras. Publicado pela primeira vez em 1984, «Atlas» é o último livro publicado em vida de Jorge Luis Borges. Sai com edição Quetzal e tradução de Fernando Pinto do Amaral a 21 de setembro para as livrarias nacionais.

É um Jorge Luis Borges maduro que escreve Atlas: O que viaja de balão no vale de Napa (Califórnia), ou que se deixa abraçar e lamber por um tigre como se fosse uma cria, na reserva de animais de Cutini, perto de Luján. O que se deixa enlevar por uma melancolia doce que dá o tom ao livro.

«O que é um atlas para nós, Borges? Um pretexto para entretecer na urdidura do tempo os nossos sonhos», lê-se no epílogo de María Kodama.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK