2020-02-04

As mulheres no coração da Guerra de Troia. Uma Ilíada feminista.

Vencedora do Booker Prize, Pat Barker é a autora de O Silêncio das Mulheres, um convite a escutar as vozes silenciadas pela História e pelo poder, que nos reenvia às grandes páginas da literatura da Antiguidade. A Guerra de Troia narrada por Briseida, troféu e concubina de Aquiles após a tomada da sua cidade pelos Gregos. Este é um belíssimo livro sobre a realidade brutal da guerra e da escravidão, e também do amor e suas controvérsias. Chega às livrarias a 14 de fevereiro, com tradução de Tânia Ganho.

Partilhar:

Conhecemos da Ilíada o nome de heróis masculinos como Aquiles, Ulisses, Páris, Agamémnon ou Heitor – mas este romance, narrado pela rainha de Lirnesso, é a história das mulheres do poema de Homero, figuras frequentemente esquecidas ou desvalorizadas: as escravas, as prostitutas, as enfermeiras, as que cuidam dos mortos e dos vivos, as que observam as batalhas e primeiro sofrem os seus horrores. O Silêncio das Mulheres, narrado do ponto de vista feminino, é uma nova Ilíada.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK