2020-07-30

A urgência de um país, por José Tolentino Mendonça.

A 10 de junho, nas cerimónias do Dia de Portugal, o Cardeal José Tolentino Mendonça discursou perante um país que estava a dar os primeiros passos de desconfinamento pós-COVID19. Um discurso com a linguagem e a serenidade de um teólogo aberto ao mundo, que suscitou a curiosidade dos leitores e fica registado no livro O Que é Amar um País. O Poder da Esperança.

Partilhar:

Neste livro reúnem-se três temas essenciais para a atualidade portuguesa: o que significa amar um país e de que modo podemos interrogar a crise de hoje; qual o sentido da palavra «esperança» durante a pandemia, ao enfrentarmos um mundo desconhecido que muda o nosso lugar no tempo; e, finalmente, de que forma a beleza, a graça e a fé podem combater a solidão e a calamidade destes dias.

José Tolentino Mendonça interroga os sinais da vida quotidiana, mas também os clássicos da literatura, da teologia, da filosofia e da poesia mostrando a importância da beleza e da contemplação em tempos de extrema dor, solidão e imprevisibilidade, quando é tão importante relançar a esperança.

Um livro de grande urgência – que diz respeito a todos.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK