Ficha do produto
A Ira de Deus sobre a Europa
Código: 00644
Última edição: novembro de 2016
N.º de páginas: 248
Editor: Quetzal Editores
ISBN: 9789897223389
Coleção: Língua Comum
Em stock - Envio imediato
PÁGINAS
 

Sobre o livro

Sinopse
Ao longo de um livro profundamente pessoal e intimista, J. Rentes de Carvalho recorda a Europa de há cinquenta anos, quando chegou aos Países Baixos, e confronta-se com a Europa de hoje - o hedonismo absoluto, a ausência de ideais, a mansidão de um «comportamento bonzinho» diante dos seus inimigos declarados (como o Islão), o «politicamente correto» que amordaça o debate e corrói a vida real, a decadência da educação de hoje (que dá prioridade aos jogos de computador, às amizades e aos likes do Facebook), a existência de uma União Europeia dominada por uma burocracia não eleita, uma universidade entregue à banalidades. Um testemunho vibrante, polémico, inesperado do autor de Com os Holandeses.

A Ira de Deus sobre a Europa de José Rentes de Carvalho

Detalhes do produto


A Ira de Deus sobre a Europa de José Rentes de Carvalho

Ano de edição ou reimpressão: 2016

Editor: Quetzal Editores

Idioma: Português

Dimensões: 148 x 233 x 19 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 248

Coleção: Língua Comum

Classificação: Outras Formas Literárias

 

Outros livros

Bibliografia

2016  Quetzal Editores
2016  Quetzal Editores
2015  Quetzal Editores
2014  Quetzal Editores
2014  Quetzal Editores
2014  Quetzal Editores
2013  Quetzal Editores
De ascendência transmontana, J.Rentes de Carvalho nasceu em 1930, em Vila Nova de Gaia, onde viveu até 1945. Frequentou no Porto o Liceu Alexandre Herculano, e mais tarde os de Viana do Castelo e de Vila Real, tendo cursado Românicas e Direito em Lisboa - onde cumpriu o serviço militar. Obrigado a abandonar o país por motivos políticos, viveu no Rio de Janeiro, em São Paulo, Nova Iorque e Paris, trabalhando para jornais como O Estado de São Paulo, O Globo ou a revista O Cruzeiro. Em 1956 passou a viver em Amesterdão, na Holanda, como assessor do adido comercial da Embaixada do Brasil. Licenciou-se (com uma tese sobre Raul Brandão) na Univ. de Amesterdão, onde foi docente de Literatura Portuguesa entre 1964 e 1988. Dedica-se desde então exclusivamente à escrita e a uma vasta colaboração em jornais portugueses, brasileiros, belgas e holandeses, além de várias revistas (...)